Secretario do ministério da saúde pede demissão por conta de crise politica

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


 

A Informação foi divulgada em nota oficial do ministério. Oliveira, assim como o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, é favorável ao isolamento social para conter o coronavírus.

 

 

 

 

O secretário de Vigilância em Saúde do Ministério da Saúde, Wanderson de Oliveira, pediu demissão na manhã desta quarta-feira (15). A informação foi divulgada em nota oficial do ministério.

A saída de Wanderson ocorre em meio à pandemia de coronavírus. Ele vinha sendo uma das autoridades do ministério que mais participavam de entrevistas e ações da pasta sobre o enfrentamento ao vírus.

Wanderson, assim como o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, é defensor do isolamento social como estratégia de contenção do vírus.

Perfil

No Ministério da Saúde há 15 anos, ele coordenou a resposta nacional à pandemia de influenza e síndrome da zika congênita.

Na secretaria, Wanderson é responsável por ações de vigilância, prevenção e controle de doenças transmissíveis no Brasil, pela vigilância de fatores de risco para o desenvolvimento de doenças crônicas não transmissíveis, saúde ambiental e do trabalhador e também pela análise de situação de saúde da população brasileira.

Wanderson de Oliveira é doutor em epidemiologia pela faculdade de medicina da Universidade Federal do Rio Grande do Sul.

Wanderson tem especialização pelo programa de treinamento em epidemiologia aplicada ao SUS, pelo centro de controle e prevenção de doenças da Georgia, nos Estados Unidos. É especialista em epidemiologia pela escola de saúde pública Johns Hopkins, também nos Estados Unidos, e é professor da escola da fundação Oswaldo Cruz, em Brasília.

Casos no Brasil

As secretarias estaduais de Saúde divulgaram, até as 6h25 desta quarta-feira (15), 25.758 casos confirmados do novo coronavírus (Sars-Cov-2) no Brasil, com 1.557 mortes. Com a primeira vítima no Tocantins, Brasil passa a ter mortos pela Covid-19 em todas as UFs.

Fortaleza tem 1.845 casos confirmados da doença e é a capital com maior incidência de casos no Brasil, à frente de Manaus e São Paulo, respectivamente. que concentra a maioria dos registros.

De G1

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Victor Hugo B. de Melo

Entre com:




Subscribe
Notify of
7 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Lucas Schwarzbold
Editor
15/04/2020 1:06 pm

Luz pra nós

15/04/2020 1:30 pm

Luz p’ra nós

Márcio Henrique
15/04/2020 2:33 pm

Luz pra nós!

Ariel dos Santos
15/04/2020 7:48 pm

Luz p’ra nós!

Luiz Cláudio
16/04/2020 8:56 am

Luz p’ra nós!

Izabela Souza
16/04/2020 12:17 pm

Luz p’ra nós!

Michelly
Admin
17/04/2020 10:17 pm

Luz pra nós!

Next Post

Veja idéias incríveis para as piscinas das futuras casas da Nova Atlântida

qua abr 15 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:Olha, existe coisa melhor que uma piscina? Alguns dirão que a praia é melhor – o que é verdade, de certa forma. Entretanto, na piscina você tem a oportunidade de passar horas curtindo a água tranquila, sem se preocupar com ondas ou correnteza. É uma experiência e […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Jonathan Muniz

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

error

Seja caminho para a Verdade

7
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas