Israel está no limite de ser desmascarada devido o assassinato de George Floyd acender demandas globais por justiça “racial”

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Israel está no limite de ser desmascarada devido o assassinato de George Floyd acender demandas globais por justiça “racial”

Pessoas se reúnem para organizar uma manifestação em obediência ao distanciamento social devido à nova pandemia de coronavírus (COVID-19), para protestar contra o plano de anexação do vale do Jordão, localizado na Cisjordânia ocupada e assentamentos judeus ilegais na Cisjordânia, Tel Aviv , Israel, em 6 de junho de 2020.

A atual onda de protestos na América desencadeada pelo assassinato brutal de George Floyd por um policial branco e moldado aos padrões de justiça SIONISTA representa uma ameaça existencial a Israel? Certamente que sim.

Por mais surpreendente que possa parecer, os propagandistas e defensores de Israel ficaram chocados ao “descobrir”, de repente, que os paralelos entre o racismo estrutural da América contra seus cidadãos negros e a violenta negação do regime colonial-colonizador dos direitos humanos dos palestinos são flagrantemente reais SIMILARES e muito óbvios .

Ironicamente, o “choque e pavor” de ser confrontado com a realidade da discriminação sistemática generalizada contra os negros, que reflete a imoralidade do racismo inerente ao sionismo, levou os defensores de Israel a difamar o movimento #BlackLivesMatter . O absurdo de tentar difamar e desacreditar os manifestantes como “saqueadores violentos” é totalmente falso e mostra uma ingenuidade que se reflete no fracasso do governo Trump/bOLSONARO e do regime totalitário falso-democrático de Israel em reconhecer que a repressão e a negação de direitos não serão negativas ou tolerado por mais tempo.

A recusa de Trump em responsabilizar policiais e guardas nacionais por sua brutalidade, igualzinho Bolsonaro, dizendo ser normal e quase “casual” é uma reminiscência dos últimos suspiros dos governantes das minorias brancas no apartheid da África do Sul. Em última análise e com relutância, eles tiveram que aceitar o fato de que o racismo é injusto, imoral e acima de tudo insustentável.

Portanto, é bastante revelador que os defensores de Israel estejam aterrorizados com a intensidade do movimento de protesto nos EUA, que gerou solidariedade em toda a Europa e outras partes do mundo. Os protestos estão ganhando força, pois a verdade é a vitória e ela jamais fica escondida para sempre.

O que #US e #Israel têm em comum? Brutalidade policial além de todo os resto – Cartum [Sabaaneh

Os lobistas pró-Israel se referem depreciativamente às demandas legítimas feitas pelos manifestantes por igualdade e justiça como “caos”. Isso pretende ocultar o fato de que a resistência à opressão, seja por negros nos Estados Unidos, por palestinos e gentios do mundo todo contra a ocupação brutal de Israel com suas políticas financeiras, é totalmente legítima e justificada.

Uma dimensão da situação atual com a qual as líderes de torcida de Israel parecem totalmente infelizes é o que Caroline Glick insiste é “a radicalização dos progressistas brancos” e a ameaça que eles representam para as relações EUA-Israel. Em um artigo em Israel Hayom , Glick faz a incrível afirmação de que os protestos que ela chama de “motins” não são “uma consequência do aumento da brutalidade policial em relação aos afro-americanos”. Em vez disso, contra todas as evidências gravadas e registradas pelas vítimas negras do sistema da América desproporcional de justiça criminal, a brutalidade policial e o racismo inerente a que estão submetidos rotineiramente, Glick insiste que, “A violência [ sic ] que estamos vendo é um resultado da íngreme radicalização dos americanos brancos progressistas ”. BLA BLA BLA

Embora seja verdade que um número substancial de brancos gentios (Não Judeus) nos Estados Unidos esteja extremamente cansado do status quo e se unindo ao lado de seus concidadãos negros em solidariedade, é desonesto implicar que o assassinato implacável de George Floyd seja inconsequente.

Incrivelmente, mas não surpreendentemente, como propagandistas de Israel, ela descreve o #BlackLivesMatter como um “grupo radical” e “anti-semita”- bla bla bla. Tais alegações são projetadas para desacreditar o legítimo movimento de protesto cujas ações claramente abalaram Trump e seu amigo Benjamin Netanyahu, mas que, no entanto, inspiraram outros ao redor do mundo, como Bolsonaro

Israel confia nos críticos desacreditadores e caluniadores de suas políticas de apartheid, mas, apesar da péssima resposta de Trump, não se pode negar que o mundo recuou horrorizado quando o vídeo pesado do pescoço de George Floyd preso ao joelho de um assassino em uniforme policial se tornou viral . Tal brutalidade por um oficial da “lei” não teria surpreendido muitos israelenses ou, de fato, palestinos. É, afinal, a par do curso nos territórios palestinos ocupados. Portanto, era de esperar a solidariedade expressa em faixas de protesto às vítimas palestinas de joelhos israelenses em seus pescoços e assassinatos brutais, auxiliada e incentivada pelo apoio dos EUA ao Estado sionista. Da mesma forma, os palestinos estão apoiando o #BlackLivesMatter.

Essa solidariedade alimentou o movimento anti-apartheid sionista do imperialismo judaico israelense contra o governo das minorias brancas na África do Sul, pois de fato espalhará o apoio à campanha de Boicote, Desinvestimento e Sanção contra o apartheid Israel. Sempre foi inevitável que o movimento de protesto na América e no resto do mundo encontrasse um terreno comum com as demandas palestinas por justiça.

Os presentes do governo Trump e Bolsonaro à Israel de bilhões de dólares, ajuda militar e legitimidade falsa para seus assentamentos judeus, ocupação e anexação da Palestina agora estão em perigo. É por isso que Israel, em particular, está no limite após a morte de George Floyd por um policial americano. Realmente haverá consequências.

Quem tem ou terá coragem de falar a verdade e lutar por justiça?

Olhem para a situação exposta pelo Coronavírus no mundo todo. Tudo escancarado pela demência e insanidade regadas pelo dinheiro. 

Pesquisem na lupinha do buscador no site mais assuntos sobre os Palestinos, Racismo e supremacia sionista.

A babilônia caiu. Tudo ruiu. Daqui eu posso ver!

Pesquisem. Liguem os pontos. ACORDEM!

A justiça sempre vence APENAS pela verdade de Deus, não pela ‘falsa democracia’ e seu dólar que nos assola.

escoladelucifer.com.br
unebrasil.org
unebrasil.com.br
unebrasil/livrolucifer
querovencer.unebrasil.com.br
congressodigital.unebrasil.com.br

!Luz pra nós!

Compartilhe a Verdade:


5 1 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Douglas Ceron

A verdade é viva e não exige ser provada à ninguém. Mostrá-la já é mais que suficiente para que almas dignas e grandiosas reencontrem o caminho de casa para contemplarem ao pai celestial e impronunciável com sua magnífica obra diante do verbo vivo. Luz pra nós. Amor e honra! Heil Lucifer!

Entre com:




Subscribe
Notify of
15 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Saymon de Castro Januário
08/06/2020 2:09 pm

Isso ainda vai longe… Luz pra nós!

Lin de Oliveira
08/06/2020 3:32 pm

Luz Pra nos !!!

Sumeran Aldebaran
08/06/2020 4:29 pm

Demorou

João Judá Oliveira Pereira
08/06/2020 5:19 pm

Luz p’ra nós!!!

Márcio Henrique
08/06/2020 5:24 pm

Luz pra nós!

Jonathan Muniz
08/06/2020 9:55 pm

Luz p’ra nós!

Last edited 3 meses atrás by Jonathan Muniz
Gustavo Borba
09/06/2020 12:08 am

Luz p’ra nós!

Mateus Silva
09/06/2020 12:20 am

Gratidão pelo post! Luz p’ra nós!

09/06/2020 8:31 am

Luz p’ra Nós 🍎

Admin bar avatar
09/06/2020 11:24 am

Lua p’ra nós!

khetelin oliveira
09/06/2020 3:18 pm

Luz p’ra nós!

Luiz Cláudio
09/06/2020 3:24 pm

Luz p’ra nós!

Bruna Sollara
09/06/2020 6:13 pm

Luz p’ra nós!

Diosane Fortunato
09/06/2020 9:00 pm

Luz p’ra nós

Camila Ribeiro
10/06/2020 12:20 pm

Luz pra nós!

Next Post

Ex-empregada denuncia maus-tratos de William Bonner e Fátima Bernardes

seg jun 8 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:     Os relatos partiram da cozinheira Léa Silva, ex-empregada de William Bonner e Fátima Bernardes. “A minha chateação em relação a esse homem é pelo jeito que ele fala com o empregado. O cara chegou ao ponto de dizer que não conseguia entender como […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Não há usuários online neste momento

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

error

Seja caminho para a Verdade

15
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas