Irã anuncia cancelamento de todas as restrições ao fornecimento e venda de armas pelo país

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Irã anuncia cancelamento de todas as restrições ao fornecimento e venda de armas  pelo país - Sputnik Brasil

 

 

De SputnikNews.com

 

 

O governo do Irã anunciou que, a partir de hoje (18), são automaticamente canceladas todas as restrições à compra e venda de armas pelo país, assim como as restrições aos serviços financeiros conexos.

 

 

Além disso, são anuladas todas as proibições anteriormente impostas contra cidadãos e militares iranianos relativas à entrada e ao trânsito nos países-membros da ONU, informa o Ministério do Exterior do Irã.

 

“A partir de hoje (18), todas as restrições à transferência de armas, atividades conexas e serviços financeiros de e para a República Islâmica do Irã e todas as proibições relativas à entrada ou ao trânsito nos territórios dos países-membros da ONU anteriormente impostas a vários cidadãos e oficiais militares iranianos são automaticamente canceladas”, acrescenta o comunicado da chancelaria, escreve agência Tasnim.

 

Não foi necessária qualquer ação especial por parte de Teerã, uma vez que o embargo seria automaticamente suspenso caso o Conselho de Segurança da ONU não adotasse qualquer prorrogação ou medida adicional.

 

Míssil Sayyad 2 disparado pelo sistema de defesa aérea Talash durante exercícios no Irã (foto de arquivo)
Míssil Sayyad 2 disparado pelo sistema de defesa aérea Talash durante exercícios no Irã, 5 de novembro de 2018

 

Teerã disse que isso dá às autoridades liberdade para empreender uma nova política de defesa baseada unicamente em suas próprias decisões.

 

“Portanto, a partir de hoje, a República Islâmica do Irã pode adquirir quaisquer armas e equipamentos necessários a partir de qualquer fonte, sem quaisquer restrições legais e exclusivamente com base nas suas necessidades defensivas, podendo também exportar armamento defensivo com base nas suas próprias políticas”, lê-se no documento.

 

Em 2015, o Irã assinou o JCPOA com China, França, Alemanha, Rússia, Reino Unido, EUA, Alemanha e União Europeia (UE). O documento estabelecia a redução do programa nuclear iraniano e a diminuição de suas reservas de urânio em troca da retirada das anteriores sanções, incluindo o levantamento do embargo de armas cinco anos após a adoção do acordo.

 

Em 2018, os Estados Unidos abandonaram sua posição conciliatória sobre o Irã, retirando-se do JCPOA e implementando políticas de linha dura contra Teerã.

 

No início deste ano, os EUA tentaram organizar uma campanha pelo restabelecimento das sanções internacionais contra Teerã, em particular para o prolongamento do embargo de armas, porém todas as suas propostas de resolução na ONU acabaram sendo rejeitadas.

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Victor Hugo B. de Melo

Entre com:




Subscribe
Notify of
5 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Izabela Souza
18/10/2020 10:50 am

Cê tá é doido 😰 Luz p’ra nós

Silvia Cristina Rodrigues
18/10/2020 1:24 pm

Gente que maluquice!! Luz p’ra nós…

Márcio Henrique
18/10/2020 9:13 pm

Luz pra nós!

Gustavo Borba
18/10/2020 10:09 pm

Cê é louco…  Luz p’ra nós!

Luiz Cláudio
19/10/2020 2:29 pm

Luz p’ra nós!

Last edited 4 dias atrás by Luiz Cláudio

Next Post

Israel e Bahrein formalizam hoje relações diplomáticas

dom out 18 , 2020
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:Representantes do reino Bahrein junto á uma delegação israelense, irão assinar “um comunicado conjunto [que] marcará o estabelecimento de relações diplomáticas plenas” declarou o governante O mediador do acordo foi Donald Trump, visando a política externa, e a possível reeleição Após o acordo ser fechado, na […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Gustavo Borba

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

error

Seja caminho para a Verdade

5
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas