Elefantes africanos estão ‘evoluindo’ e nascendo sem presas para evitar caçadores

Compartilhe a Verdade!

Compartilhe a Verdade:


Os elefantes africanos são vítimas de caçadores que buscam vender suas presas. Em Moçambique, 90% dos animais da espécie já desapareceram. Agora, a natureza está transformando a aparência destes mamíferos, com muitos filhotes nascendo sem presas.

Durante a guerra civil que assolou o país, o marfim era usado para financiar armas, enquanto a carne dos elefantes servia de alimento aos soldados. O Business Insider lembra que, em lugares como a China, acredita-se que o marfim tenha propriedades médicas. Mesmo que não exista nenhuma evidência científica que comprove essa teoria, o material vale mais do que o ouro no mercado ilegal.

É provável que a mutação genética tenha ocorrido graças a uma vantagem evolutiva daqueles animais que nasciam sem presas. Como não eram caçados, eles tinham mais chances de chegar à idade reprodutiva e gerar descendentes.

National Geographic Brasil cita uma pesquisa segundo a qual um terço das fêmeas nascidas após o fim da guerra civil em Moçambique não desenvolveu presas. Historicamente, essa característica só aparecia em 2% a 4% da população de fêmeas de elefantes africanos.

Entretanto, este não é o único país em que os animais desenvolveram a mutação. Na África do Sul, 98% das fêmeas do Parque Nacional de Elefantes Addo não possuíam presas no início dos anos 2.000. Em outras áreas, como o Quênia, foi constatada uma diminuição no tamanho da estrutura.

Acredita-se que a característica seja mais visível em fêmeas, pois os machos sem presas não teriam condições de competir entre si para acasalar. Mesmo assim, isso não explica totalmente o porquê da mutação raramente atingir os machos.

Apesar das mudanças, ainda não se sabe ao certo quais os efeitos que o desaparecimento das presas pode acarretar na vida dos animais. Normalmente, as presas são usadas em atividades que envolvem a procura de água ou minerais no solo, descascar árvores para encontrar alimentos e, entre os machos, na competição pelas fêmeas.

 

Compartilhe a Verdade:


0 0 vote
Article Rating

Compartilhe a Verdade!

Claudio Arakaki

Entre com:




Subscribe
Notify of
5 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Douglas Ceron
Editor
10/04/2019 9:20 am

Se defender da forma mais divina. Omitir o fruto da cobiça. Deus é magnífico. Luz pra nós!

Kaique Aguiar
07/04/2019 9:59 am

A natureza tendo que se adaptar as atrocidades que esses babacas causam, tudo nos planos de Deus

Admin bar avatar
07/04/2019 1:24 pm

Esses sim são os verdadeiros”animais*
Parasitas, não deixam a natureza no expandir em seu processo natural

Bruna Sollara
11/04/2019 11:56 am

Luz pra nós

Admin bar avatar
05/08/2020 3:13 pm

Luz pra nós 💫

Next Post

Jovem tetraplégico tratado com células estaminais recupera movimentos na parte superior do corpo

dom abr 7 , 2019
Compartilhe a Verdade!Compartilhe a Verdade:Este jovem teve a oportunidade de passar por um tratamento envolvendo células-tronco, que “têm a capacidade de reparar tecido nervoso ferido através da substituição de células danificadas”. O procedimento experimental não garantia nenhuma melhoria à paralisia de Kristopher Boesen. Que em um acidente de carro perdeu o movimento superior […]

Siga-nos os bons

Ative o Sininho

Clique Aqui

Quem está online

Rômulo Matheus Lins
Victor Hugo B. de Melo
Silvia Cristina Rodrigues

Você:

Teus Téritos bônus

0 Téritos

Selo

300 Téritos

People who have earned this:

error

Seja caminho para a Verdade

5
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
Pular para a barra de ferramentas