dom. out 24th, 2021

África do Sul: enxame de abelha mata 63 pinguins

Compartilhe a Verdade!

Os pinguins africanos estão sob ameaça de extinção

Um coletivo de 63 pinguins foram encontrados mortos numa colônia de Simonstown, nesta última sexta (17). Um comunicado do South African National Parks (SANParks) posicionou:

As autópsias revelaram que todos os pinguins tinham várias picadas de abelha, e muitas abelhas mortas foram encontradas no local onde os pássaros morreram.

As mortes ocorreram repentinamente entre a tarde de quinta-feira e a manhã de sexta-feira.

Causa

Os investigadores constataram que a morte foi causada por picadas abelhas do Cabo ao redor dos olhos. O veterinário David Roberts, destacou a raridade do desdobramento:

Esta é uma ocorrência muito rara. Não esperamos que aconteça com frequência, é um acaso.

Monitoramento

A bióloga marinha do SANParks, Alison Kock, expressou sua gratidão a Fundação da África Austral para a Conservação das Aves Costeiras (SANCCOB) e a Cidade do Cabo, pela sintonia do “evento incomum”, e disse que a situação está sendo monitorada.

Espécie

Os pinguins africanos tem as costas da África do Sul e da Namíbia como terra nativa. Eles são classificados como espécies de pinguins menores, conhecidas por suas marcas assimétricas e vozes altas.

Extinção

O número da espécie sofre uma queda considerável, visto que, sua população que era de mais de um milhão no início do século XX caiu p’ra 55.000 em 2010, quando foram definidas como extintas.

Luz p’ra nós!

5 2 votes
Article Rating

Compartilhe a Verdade!
Subscribe
Notify of
2 Comentários
Most Voted
Newest Oldest
Inline Feedbacks
View all comments
Leonardo Moreira Feitosa Rodrigues
21/09/2021 2:09 pm

Luz p’ra nós!

Pedro Silveira Goulart Cassiano
21/09/2021 5:00 pm

Um caso bem raro mesmo.Luz p’ra nós!

error

Seja caminho para a Verdade

2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x

Warning: Invalid argument supplied for foreach() in /home3/escoladelucifer/public_html/wp-content/plugins/social-networks-auto-poster-facebook-twitter-g/inc/nxs_functions_wp.php on line 166
Pular para a barra de ferramentas